arquivos para download

baixe aqui os ultimos arquivos enviados

Olá


TÍTULO

DESCRIÇÃO

EVENTO

GRUPO

Ir para pasta:

Como o novo aumento da Taxa Selic influencia no seu bolso?

DATA: 22/06/21 Últimas Notícias

Especialistas do mercado financeiro recalcularam as contas para os juros
e a inflação esperados para 2021. Uma das principais mudanças está na elevação
da taxa básica de juros (Selic) para 4,25% ao ano e a expectativa é que
suba ainda mais esse ano.

 

O que é a Taxa Selic?

É a taxa básica de juros da economia brasileira. Esse importante medidor influencia todas as demais taxas de juros do Brasil, como as cobradas em empréstimos, financiamentos e aplicações financeiras.

Na prática, uma Selic alta indica um objetivo de desacelerar a economia, impedindo a inflação de aumentar. Quando baixa, estimula o consumo e aquece a economia, elevando a inflação.

As mudanças na Selic equilibram o cenário econômico e garantem que o dinheiro continue circulando. Se a taxa precisa ser alterada é um sinal de que houve alguma mudança na economia.

 

Por que a taxa Selic está subindo?

Devido a uma inflação controlada e um crescimento econômico baixo e até negativo, o Banco Central manteve a taxa Selic em níveis historicamente baixos a fim de estimular a economia. Com sinais de recuperação da economia e uma inflação acima da meta, o Banco Central começa a subir a taxa de juros.

À primeira vista uma taxa de juros sempre baixa pode parecer uma boa ideia, o estímulo pode parecer muito benéfico. Mas aqui é válido a sabedoria popular: a diferença entre o remédio e o veneno é a dose.

 

Quem determina o valor dessa taxa?

O órgão que decide o valor da Selic é o Copom, o Comitê de Política Monetária do Banco Central. Seus membros se reúnem a cada 45 dias para definir se a taxa diminui, aumenta ou permanece estável. Essa decisão é tomada tendo em vista os objetivos do Banco Central, que se relacionam com o funcionamento do sistema financeiro e econômico. Bons exemplos disso na prática são controlar a inflação e fomentar o pleno emprego.

 

Qual a taxa Selic de hoje?

A taxa Selic, definida no dia 16 de junho de 2021, está em 4,25% ao ano.

Confira a seguir o histórico da Taxa Selic mensal dos últimos 5 anos:

 

  2021 2020 2019 2018 2017
Janeiro 0,15% 0,38% 0,54% 0,58% 1,09%
Fevereiro 0,13% 0,29% 0,49% 0,47% 0,87%
Março 0,20% 0,34% 0,47% 0,53% 1,05%
Abril 0,21% 0,28% 0,52% 0,52% 0,79%
Maio 0,27% 0,24% 0,54% 0,52% 0,93%
Junho 0,21% 0,47% 0,52% 0,81%
Julho 0,19% 0,57% 0,54% 0,80%
Agosto 0,16% 0,50% 0,57% 0,80%
Setembro 0,16% 0,46% 0,47% 0,64%
Outubro 0,16% 0,48% 0,54% 0,64%
Novembro 0,15% 0,38% 0,49% 0,57%
Dezembro 0,16% 0,37% 0,49% 0,54%

Fonte: Receita Federal

Mas como a alta da taxa Selic pode interferir no meu bolso?

No dia a dia, você vai notar preços mais controlados, uma vez que ao aumentar a taxa, a inflação tende a diminuir. Isso pode gerar queda ou ao menos uma estabilidade nos valores dos produtos e serviços, principalmente aqueles que não são tão afetados pelo dólar.

Outras implicações são os juros de crédito mais altos e a mudança na rentabilidade dos investimentos. O aumento na Selic eleva a rentabilidade dos investimentos em Renda Fixa atrelados ao CDI, como a maioria dos CDBs, LCI e LCA pós-fixados. O mesmo acontece para alguns dos investimentos feitos no Tesouro Direto, a exemplo do Tesouro Selic, como o nome mesmo indica.

Por outro lado, o cenário não está nada bom para quem deixa o dinheiro na poupança. Apesar da rentabilidade ter aumentado para 0,25% ao mês e 2,98% ao ano, o rendimento ainda fica abaixo da inflação, que hoje está em 8,06% nos últimos 12 meses. Com a inflação nestes patamares, os investidores que aplicam nesta modalidade estão perdendo dinheiro.

 

 

Rua Domingos Jorge 1100, SP, São Paulo – CEP: 04779-900

Central de Atendimento (de segunda à sexta feira, das 08 às 17h)
0800 818 2020 | contato@previbayer.com.br