arquivos para download

baixe aqui os ultimos arquivos enviados

Olá


TÍTULO

DESCRIÇÃO

EVENTO

GRUPO

Ir para pasta:

Você conhece todos os tipos de aposentadoria?

DATA: 27/03/18 Previdência Social

A incerteza de como estará a realidade do país daqui alguns anos, e como estará sua saúde financeira, leva a preocupações com o futuro. Com isso, pensar na aposentadoria pode ser algo desafiador para muitos brasileiros.

Além de parar de trabalhar, muitos de nós teremos o direito de receber benefícios financeiros, que ajudam muito nos gastos comuns dessa fase da vida. Você sabe como funciona o processo de previdência para receber esse benefício?

 

Previdência Social (INSS)

Oferecida pelo governo, a previdência social (INSS) garante ao trabalhador uma renda mensal, recebida após pelo menos 15 anos de contribuição. Este é o plano mais comum de previdência no Brasil.

Existem diversas maneiras de contribuir com o INSS, e a mais popular é através da carteira de trabalho. Quando é assinada pela empresa ou contratante, a porcentagem do INSS é descontada diretamente do seu salário mensal.

Trabalhadores autônomos podem contribuir com a Previdência Social pagando um carnê mensal, ou através do MEI. Este comprovante dá ao trabalhador autônomo a denominação de “microempresário”. Também é feita uma cobrança mensal pelo MEI, que garante a contribuição mínima do INSS.

 

Previdência Privada

Atualmente, está cada vez mais difícil depender apenas da Previdência Social para garantir recursos para a aposentadoria. Novos formatos de contrato, incertezas em relação às leis trabalhistas, também deixam muitos brasileiros com medo do futuro.

Isso estimula as pessoas a procurarem outros investimentos que agreguem valor aos benefícios já recebidos na aposentadoria, garantindo mais segurança e estabilidade financeira. Entre eles, um dos mais indicados são os planos de previdência privada.

A Previbayer dispõe de diversos planos de investimento. O Plano CD Flex, por exemplo, é estruturado por meio de uma modalidade de contribuição definida. Isso quer dizer que os pagamentos são mensais e programados, assim como no INSS.

O seu dinheiro pode render muito mais na Previdência Privada do que na Previdência Social. Você ainda pode optar pelo plano Ciclo de Vida, que conta com o auxílio de nossos profissionais para te ajudarem a escolher o melhor investimento, de acordo com o seu momento atual de vida.

Novas legislações sobre a previdência social estão entrando em voga no Brasil. Por isso, é importante conhecer os tipos de aposentadorias disponíveis para o trabalhador, seja ele de carteira assinada ou autônomo. Confira:

 

Aposentadoria por idade

Têm direito ao benefício os trabalhadores urbanos do sexo masculino a partir dos 65 anos e do sexo feminino a partir dos 60 anos de idade. Os trabalhadores rurais podem pedir aposentadoria por idade com cinco anos a menos: a partir dos 60 anos, homens, e a partir dos 55 anos, mulheres.

 

Aposentadoria por tempo de contribuição

Existem dois tipos de benefícios: o integral e o proporcional. Para ter direito à aposentadoria integral, o trabalhador homem deve comprovar pelo menos 35 anos de contribuição e a trabalhadora mulher, 30 anos. Para requerer a aposentadoria proporcional, é preciso combinar dois requisitos: tempo de contribuição e idade mínima.

 

Aposentadoria por invalidez

Este é um benefício concedido ao trabalhador que é incapaz de exercer qualquer atividade remunerada e que não possa ser reabilitado em outra profissão. O valor é pago enquanto durar esse período de invalidez, que pode ser por um tempo determinado ou a vida inteira.

A cada dois anos, o segurado deve passar por um exame do INSS para constatar que ainda está nas condições de receber o benefício. Antes de pedir a aposentadoria por invalidez, a pessoa deve requerer o auxílio-doença. A aposentadoria por invalidez é indicada quando o cidadão não pode ser alocado em outra profissão.

 

Aposentadoria especial

Benefício concedido ao segurado que tenha trabalhado em condições prejudiciais à saúde ou à integridade física. Para ter direito à aposentadoria especial, o trabalhador deverá comprovar, além do tempo de trabalho, efetiva exposição aos agentes nocivos químicos, físicos, biológicos ou associação de agentes prejudiciais pelo período exigido para a concessão do benefício (15, 20 ou 25 anos).

Para todos os tipos de aposentadorias, é sempre válido apostar num plano de previdência privada. Ainda que o trabalhador vá receber do INSS, com a previdência privada, pode ser possível realizar sonhos como viajar, comprar uma casa ou simplesmente ter uma vida mais confortável nessa fase da vida. Conheça os planos da Previbayer: www.previbayer.com.br.