arquivos para download

baixe aqui os ultimos arquivos enviados

Olá


TÍTULO

DESCRIÇÃO

EVENTO

GRUPO

Ir para pasta:

Notas sobre Investimentos – Maio 2020

DATA: 18/06/20 Investimentos

Os bons resultados obtidos em abril continuam no mês de maio. Entretanto, a não descoberta de uma vacina para combater o novo coronavírus, a falta de um posicionamento do Governo Federal com relação à pandemia e, possível atrito entre os 3 poderes brasileiros (Executivo, Legislativo e Judiciário), criando o receio de uma crise institucional, geram incertezas ao mercado financeiro e consequentemente inspiram cautela.

Ainda neste mês, houve uma grande apreensão interna envolvendo a crise gerada entre o ex-Ministro da Justiça e o Presidente da República, mas que foi minimizada após a divulgação do vídeo da reunião realizada em abril. Dessa forma, o incremento nos resultados, principalmente para os ativos de risco, veio de fora do país.

Podemos elencar aqui os 3 principais fatores externos, todos envolvendo a crise sanitária da Covid-19 e que ainda continua sendo o principal vetor para as economias: i) evolução positiva do controle da epidemia em alguns países da Europa e nos EUA; ii) avanço em testes de uma vacina, por uma empresa de biotecnologia americana, aumentando a expectativa da possibilidade de haver imunização para a doença e; iii) continuidade dos estímulos por parte de governos e bancos centrais, como por exemplo, o Japão que anunciou um pacote adicional de 6,2% do Produto Interno Bruto (PIB) e também a Comissão Europeia, com um pacote no valor de 750 bilhões de euros, mesmo ainda sendo necessária a aprovação dos 27 países membros.

No mês, todos os perfis apresentaram rentabilidade positiva conforme a seguir:

Plano CD Flex

Aposentado: 0,35% | 0 a 10 anos para aposentar: 1,37% | 10 a 20 anos para aposentar: 1,89% e | 20 anos ou mais: 1,91%

Previleve

Aposentado: 0,36% | 0 a 10 anos para aposentar: 1,44% | 10 a 20 anos para aposentar: 1,70% e | 20 anos ou mais: 2,27%

O perfil Aposentado teve como principal contribuição para o resultado positivo no mês, a parcela pós fixada (crédito privado), que apresentou o fechamento dos spreads (diferença entre a compra e venda) no mercado secundário dos títulos privados, alimentada pelas boas notícias, principalmente externa, com relação a pandemia. A parcelas de Renda Fixa Inflação e Renda Fixa Internacional, também contribuíram positivamente para o resultado.

Os demais perfis de investimentos (0 a 10 anos, 10 a 20 anos ou 20 anos ou mais), além de terem em sua composição as mesmas estratégias citadas no perfil Aposentado, que também contribuíram para os resultados, contaram positivamente, mais um mês, com a Renda Variável, com destaque para a parcela doméstica, que foi a estratégia que mais contribuiu para o resultado, também refletindo as boas novas vindas do exterior. O principal indicador da bolsa de valores brasileira, o Ibovespa, por exemplo, encerrou o mês com uma rentabilidade positiva de 8,57%. Já um dos indicadores que mede a bolsa de valores globalmente, o MSCI World em R$, que representa a nossa Renda Variável Internacional, fechou o mês em 4,62%. A seguir, gráfico com a composição de cada perfil de investimentos.

Na sequência, quadro de rentabilidade por perfil de investimentos, com resultados acumulados e alguns indicadores de mercado para comparação:

CD Flex

Previleve*

Conforme verificado, tivemos mais um mês de recuperação, porém, ainda é necessário cautela, pois as incertezas continuam em virtude da pandemia e o real impacto nas economias ao redor do mundo.

Importante novamente frisar que na previdência privada temos o benefício do tempo, ou seja, é um investimento de longo prazo, o que nos dá uma tranquilidade maior para evitar qualquer tomada de decisão precipitada.