Nota sobre Investimentos – Dezembro 2023 (prévia)

DATA: 12/01/24 Investimentos

(Atualizado em 12/01/2024)

Dezembro foi mais um mês positivo para os investimentos da Previ Bayer. Os perfis conservadores obtiveram rentabilidades próximas aos seus benchmarks, enquanto os perfis moderado e agressivo se beneficiaram do ótimo mês, resultando em rentabilidades expressivas.

No último mês do ano o cenário internacional se mostrou, de modo geral, benigno. Os eventos verificados no mês de novembro continuaram repercutindo em dezembro, sendo o principal deles o fato de o FED ter sinalizado, após um período de elevado nível de incertezas, que os juros da economia norte-americana podem começar a ser reduzidos antes do que vinha sendo projetado pelo mercado.

Essa alteração de perspectiva beneficiou tanto os ativos de riscos como os títulos de renda fixa, dado que as curvas de juros continuaram o movimento de fechamento no mês. Verificou-se também, por consequência das expectativas em relação aos juros nos Estados Unidos, uma valorização das demais moedas em relação ao Dólar, inclusive o Real.

Na Europa, a atividade econômica segue com claros sinais de desaquecimento. Os dados de inflação têm indicado uma acomodação dos preços, seja no setor de serviços ou de manufaturados. Com isso, parte dos membros do BCE já dá indicativos acerca do fim de ciclo de aperto monetário e, inclusive, sinalizando que há espaço para avaliação de possíveis cortes no decorrer do ano.

No Brasil, a curva de juros seguiu acompanhando o movimento de fechamento observado nos EUA. Apesar da promulgação da Reforma Tributária, da aprovação da LDO e das demais ações relacionadas à Política Fiscal, a necessidade de aumento da arrecadação segue sendo o principal desafio, dado que o governo não tem demonstrado disposição para atuar no corte de despesas. Esse tema segue na pauta dos agentes de mercado, pois influencia diretamente na atividade econômica e nas decisões de investimentos.

Em relação à política monetária, com viés de cautela, o COPOM manteve a sinalização de que irá seguir com o mesmo ritmo de corte de 50 bps.

O IBOVESPA encerrou o ano com 22,28% de retorno, tendo auferido rentabilidade de 5,38% em dezembro. Quanto aos principais índices de mercado, no mês de dezembro destacam-se o CDI com 0,90%, o IFIX com 4,25%, o SMLL com 7,05%, MSCI WORLD (USD) com 4,81%, o IMA-B 5+ com 3,94% e o Dólar com -1,91%.

 

PARA DETALHES DE ALOCAÇÃO E RESULTADOS
CONFIRA A LÂMINA DE INVESTIMENTO DE CADA PLANO:

 

 

 

 

 

Rua Domingos Jorge 1100, SP, São Paulo – CEP: 04779-900

Central de Atendimento (de segunda à sexta feira, das 08 às 17h)
0800 818 2020 | contato@previbayer.com.br